Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley)

Autor: Aldous Huxley

Editora: Globo

Páginas: 309

Publicado: 2001

Avaliação: ****(4,0)

Compre:(http://amzn.to/2fyoGRH)

Sinopse: A Terra agora se divide em dez grandes regiões administrativas. A população de dois bilhões de seres humanos é formada por castas com traços distintivos manipulados pela engenharia genética: nos laboratórios são definidos os poucos dotados, destinados aos rigores do trabalho braçal, e também os que crescem para comandar. Não há espaço para a surpresa, para o imprevisto. O slogan “comunidade, identidade e estabilidade” sustenta a trama do tecido social. Estamos no ano 632 depois de Ford – aquele da linha de produção de automóveis -, quando o amor é proibido e o sexo, estimulado.
Tais ingredientes levaram Admirável Mundo Novo a figurar ao lado e 1984, de George Orwell, como uma das principais obras antiutópicas do século XX, em que um futuro sombrio aguarda a humanidade. David Bradshaw, estudioso de Oxford, veria ainda no livro uma sátira do inglês, refinado e cultíssimo Huxley à crescente influência americana no período entre guerras, que trazia a reboque a cultura de massas e o “american way of life”.
Este é, acima de tudo, um romance de idéias, que descreve as formas mais sutis e engenhosas que pode assumir o pesadelo do totalitarismo, e que resiste inexpugnável às interpretações político-ideológicas de esquerda ou direita suscitadas desde seu lançamento. Admirável Mundo Novo levou o escritor e crítico Anthony Burgess a escrever que Aldous Huxley equipou o romance com um cérebro.

Uma das maiores obras da Literatura, alem do próprio livro, um autor super renomado e lido, e quando se fala em distopia um dos principais livros marcos é Admirável mundo novo, que pelo que me lembro o primeiro livro realmente distópico que li, com todas as características e o mundo.

Por meio deste livro vemos uma nova sociedade e uma nova forma de pensar e agir, e considero que para ler ele a gente precise se desprender um pouco do nosso cotidiano e as coisas que acreditamos em todo o sentido, para conseguir compreender este livro que alem de ser uma historia grandiosa, tem também uma escrita grandiosa, que mesmo em alguns momentos certos nomes e definições nos leigos não entendermos completamente, o autor nos apresenta todo esse universo criado de uma forma clara de se ver, mesmo que ao mesmo tempo seja um mundo complexo e distópico.

”O que o homem uniu, a natureza é incapaz de separar”

 Falar de Admirável mundo novo, envolve diversas realidades e menções e lições que aprendemos com esse livro, e não pelo fato de ser um livro com uma proposta super diferente de uma sociedade, aonde todos os que nascem em razoes e proporções diferentes e vivem vidas já compostas e prontas para si, mas sim por conta de que por meio destas mesmas propostas nos vemos comparando ao nosso modo de vida hoje em dia, e alem.

”é o segredo da felicidade e da virtude: amarmos o que somos obrigados a fazer”

Os seres humanos aqui se por assim dizermos são controlados, uma palavra de família tradicional é motivo de constrangimento e horror, por meio de incubadoras nascem esses milhares de embriões, parecidos, com os mesmos pensamentos que são colocados na sua mente, deixam de ter liberdade, ser livre, individuais e passam a vivem em grupos e sempre incentivados e controlados. Cada uma das categorias que a população é dividida passa por uma transformação por meio dessas incubadoras, os Ipsilons, Gamas, Deltas, Betas e Alfas em todo sentido são diferentes.

‘Todos os moralistas estão de acordo em que o remorso cronico é um sentimento dos mais indesejáveis”

 Eles são destinados desse certa forma a este modo de vida, sera mesmo? por meio desta historia conhecemos um novo mundo e que cada leitor por sua experiencia de leitura própria vai descobrir este novo mundo, mencionar,falar abertamente dos personagens é complexo e de certa forma desnecessária por que você mesmo vai conhecer ele, ao mesmo tempo que nem eles mesmos se conhecem.

  ”É o segredo da felicidade e da virtude: amarmos o que somos obrigados a fazer, Tal é a finalidade de todo o condicionamento: fazer as pessoas amarem o destino social de que não podem escapar”

 É sem duvida uma obra gloriosa, como já usei esta palavra, e fico muito feliz de não ter desistido da leitura depois de duas tentativas, de ter lido este livro calmamente e com carinho por que ele merece, e a partir deste momento quero ler tudo deste autor sensacional e sem comentários.

20635089_1730124027283935_7062544312013160448_n

Esta minha edição é mais antiga, mas hoje em dia já temos varias edições novas e traduções, também, este livro foi traduzido pelo Vidal de Oliveira, om prefacio de Olavo de Carvalho, pelo selo Biblioteca Azul.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s