A Cor Púrpura (Alice Walker)

Olá,tudo bem?

destaque-a-cor-pc3barpura

Este livro foi lançado o ano passado pelo selo Jose Olympio do Grupo editorial Record, e assim que lançou e as pessoas começaram a ler e falaram muito a respeito deste livro, fiquei super curiosa para ler, mas resolvi esperar o Raip passar e quando eu conseguisse comprar o livro.

Comecei a ler este livro mais o menos no final de Abril então se vermos demorei muito tempo para concluir ele, mas assim como disse em todas as minhas redes sociais não demorei para ler pelo livro ser ruim, ao contrario, o livro é muito bom sim, eu sempre quando leio algum livro de não-ficção ou com historias mais marcantes eu demoro um longo tempo para ler, por ser um assunto mais pesado, eu demoro para me conectar com a historia, os personagens e separar meus pensamentos a respeito do livro.

Quando decidi escrever este post a primeira coisa que pensei foi, o que vou escrever, por que são tantas coisas para comentar,dialogar sobre o livro que um post só não seria suficiente, mas mesmo meus pensamentos e opiniões sobre o livro ainda estarem bem complexos e soltos, eu decidi sim falar sobre este livro e recomendar sem duvida ele aqui no blog.

Celie passou por muitas coisas na vida é a forma que ela vê de contar tudo isso e desabafar e escrevendo cartas para Deus e falando com Deus por um tempo, e depois escrevendo para sua irma Nettie, Celie é uma mulher negra, semianalfabeta, que passou por muitas coisas desde sua infância, a começar por ser abusada e estrupada pelo seu padrasto que a forçava das coisas, depois de um tempo ela é forçada e mandada para casar com Albert a quem ela chama apenas de Sr ou Sinhó, um homem violento que não gosta dela, bate nela, e a trata como uma escrava, para fazer as coisas da casa, fazer as coisas que ele quer, cuidar de tudo e de seus filhos.

O livro todo é escrito de forma a cartas e algumas vezes contados por Celie e outras por sua irma, ao que se chama pelo que pesquisei de Epistolar. Uma enorme gama de personagens, desde a família nova da sua irma Nettie na qual ela foi separada quando foi morar com Albert, a sua família com Albert, seus filhos, pessoas conhecidas e mais para a frente outros personagens que surgem na vida de Celie para ajuda-la de certa forma (como a Shug).

O livro como um todo tem muito momentos dolorosos, outros bonitos, inspiradores e motivantes, um livro que fala sobre o Racismo no Sul dos Estados Unidos e no geral, sobre violência contra as mulheres, sobre recomeços, e perseverancia.

O filme em 1985 ganhou uma adaptação cinematográfica, que fez um enorme sucesso e que motivou as pessoas a lerem e conhecerem mais este livro, sendo ele um dos mais importantes hoje em dia sobre o assunto e Alice Walker uma das autoras mais consagradas, e depois de algum anos ganhou essa nova edição aqui no Brasil pela Jose Olympio.

Compre o livro: (http://amzn.to/2spPsxq)

Ano: 2016

Páginas: 336

Autora: Alice Walker 

A_COR_PURPURA_14787057324744SK1478705732B Vencedor do Prêmio Pulitzer em 1983 e inspiração para a obra-prima cinematográfica homônima dirigida por Steven Spielberg, o romance A cor púrpura retrata a dura vida de Celie, uma mulher negra no sul dos Estados Unidos da primeira metade do século XX. Pobre e praticamente analfabeta, Celie foi abusada, física e psicologicamente, desde a infância pelo padrasto e depois pelo marido. Um universo delicado, no entanto, é construído a partir das cartas que Celie escreve e das experiências de amizade e amor, sobretudo com a inesquecível Shug Avery. Apesar da dramaticidade de seu enredo, A cor púrpura se mostra muito atual e nos faz refletir sobre as relações de amor, ódio e poder, em uma sociedade ainda marcada pelas desigualdades de gêneros, etnias e classes sociais.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s